Diretoria do Franca Basquete agradece ao elenco pela grande temporada

20/05/2015

A temporada 2014/2015 do Novo
Basquete Brasil terminou com saldo positivo para o Franca Basquete. A equipe de
basquete mais tradicional do basquete brasileiro ficou com a quinta colocação geral
do campeonato nacional e classificou-se para a Liga Sul-Americana, torneio internacional
que o time não disputava há mais de três anos.

Os jogadores honram o manto e a
história do time da Capital do Basquete e chegaram até as quartas de final do
NBB, perdendo para Bauru, um dos candidatos ao título, apenas no quinto jogo da
série, após uma partida extremamente equilibrada.

Além das grandes conquistas
dentro de quadra, o clube também fez progressos fora dela. Com uma campanha
forte junto à torcida, o Franca Basquete chegou ao número expressivo de 1.000
sócios-torcedores, marca que não era atingida em sete anos.

Os dirigentes gostariam de
agradecer aos jogadores e membros da comissão técnica pela dedicação e caráter
que demonstraram durante todo o torneio nacional. “Vocês respeitaram a nossa
cidade, a nossa história e a nossa torcida ao optarem por continuar defendendo
a camisa do Franca Basquete. Só temos que agradecer por tudo”, afirmou o
presidente Alexandre Rezende.

Entretanto, nem tudo foi
resolvido dentro da equipe francana. Os problemas financeiros da entidade,
agravados desde o término do contrato com a VIVO, antigo patrocinador máster do
time, não acabaram. Os dirigentes do clube buscaram diversas alternativas para acabar
com a crise, mas sem sucesso.


A
diretoria tentou soluções junto ao poder público, empresários, agências de
marketing e políticos, não conseguiu o resultado esperado.
O time
também criou uma “vaquinha online” buscando angariar fundos para quitar as
dívidas. Porém, o valor arrecadado – cerca de R$ 30 mil – não foi, de maneira
alguma, suficiente para amenizar a situação.

A temporada terminou e os
dirigentes continuam procurando uma solução definitiva para o problema
financeiro do Franca Basquete. A força da torcida, dos patrocinadores e da
cidade de Franca continuará sendo fundamental para o sucesso do projeto. “Tentamos
muitas opções para sanar o problema orçamentário do clube, mas não é fácil. O
número de pessoas que ajudaram efetivamente nas ações criadas pelo clube foi menor
do que esperávamos. Somos a Capital do Basquete e precisamos sempre contar com
o apoio da população e dos empresários. Gostaríamos também de agradecer aos
nossos patrocinadores, que estiveram ao lado da equipe e acreditaram do time integralmente”,
finalizou o presidente.

 

COMPARTILHAR  

NOTÍCIAS