Franca Basquete não consegue vencer Palmeiras e permite o empate nas oitavas de final

16/04/2015

Está tudo
igual na série oitavas de final do NBB 7 entre Franca Basquete e Palmeiras. O
time da Capital do Basquete, jogando no Ginásio Palestra Itália, ficou com o
resultado negativo, por 63 a 56, nesta quinta-feira, 16 de abril, e permitiu
que o adversário empatasse os playoffs em 2 a 2.

O quinto e
decisivo jogo acontecerá no Ginásio Pedrocão no próximo domingo, 19 de abril. A
partida sera às 11 horas. Quem vencer, enfrentará Bauru nas quartas de final da
temporada 2014/2015 do campeonato brasileiro.


Léo Meindl
foi o cestinha francano no confronto desta noite, com 15 pontos marcados.
Marcos Mata conquistou um duplo-duplo de dez pontos e dez rebotes.


“Fomos bem
na defesa e dificultamos as jogadas do Palmeiras, que marcou 63 pontos. Nossa
falha foi no ataque. Convertemos apenas 56 pontos e com essa produtividade é
muito difícil ganhar uma partida”, afirmou o armador Helinho.


O técnico
Lula Ferreira compartilhou da mesma opinião de seu jogador. “Não posso reclamar
da forma como jogamos defensivamente. Fizemos uma boa partida nesse sentido. O
problema foi nossa produção ofensiva, que foi pobre e muito abaixo do esperado.
Isso é o que precisamos corrigir para o próximo jogo”, finalizou o treinador
francano.


O JOGO


O Franca
Basquete começou bem o jogo. Com grande aproveitamento ofensivo de seus pivôs
(Lucas Mariano anotou cinco pontos e Leonardo Waszkiewicz marcou dois), a
equipe de Lula Ferreira abriu sete a dois nos minutos iniciais. Depois do bom
momento, o elenco francano teve uma queda de produtividade em quadra e permitiu
a virada palmeirense, fechando o primeiro quarto em desvantagem por 12 a 08.


Sem repetir
os mesmos erros do período anterior, o time do interior paulista apresentou uma
marcação mais agressiva e melhor potencial no ataque, conseguindo, dessa forma,
a virada na partida durante a segunda etapa. Léo Meindl se destacou, tendo
marcado 11 tentos, e foi fundamental para que o Franca Basquete vencesse o
quarto por a 21 a 14, e fosse ao intervalo na liderança: 29 a 26.


A equipe
francana não teve um bom retorno para o terceiro período. Sem conseguir
finalizar suas jogadas, o time viu o Palmeiras abrir 14 a 02 na parcial e fez
com que o técnico Lula Ferreira interrompesse a partida. Após a paralisação, o
Franca Basquete se recuperou, mas não o bastante para impedir que o rival
alviverde levasse vantagem de nove pontos para os dez minutos finais de jogo,
48 x 39.


Mesmo
jogando bem no último período e vencendo a parcial por 17 a 15, o elenco da
Capital do Basquete não conseguiu reverter a diferença imposta pelo Palmeiras e
permitiu que o time de Régis Marrelli empatasse o playoff em dois a dois.

COMPARTILHAR  

NOTÍCIAS