Franca Basquete vai a Venezuela para a disputa da semifinal da Liga Sul-Americana

13/11/2015

O caminho do Franca Basquete
na segunda fase da Sul-Americana começa na terça-feira, 17 de novembro, quando
a equipe de Lula Ferreira dá início à busca pelo título continental. Para isso,
será preciso superar três equipes e classificar-se para a grande final.

O time da Capital do
Basquete sai de Franca rumo a São Paulo no sábado dia 14, e embarca para a
Venezuela na manhã de domingo.  O voo do
elenco faz escala em Lima, no Peru, e chega em Caracas, de onde os atletas partem
rumo a Barquisemeto, cidade na qual serão disputados os jogos do Franca
Basquete.


A programação da equipe
em Barquisemeto inclui reconhecimento de quadra, treinamentos específicos, estudo
dos adversários e análise de vídeos.


O primeiro jogo da
agremiação francana acontece na terça-feira, dia 17, contra o time local,
Guaros de Lara. O duelo está agendado para as 22 horas. Na quarta-feira, às
19h45, o adversário francano será o San Martín de Corrientes, equipe da
Argentina e na quinta-feira, o Franca Basquete mede forças com o Mogi das
Cruzes, mais uma vez às 19h45.


Todos os jogos da
semifinal da Liga Sul-Americana 2015 terão transmissão ao vivo do canal pago
Sportv.


Embora com um elenco
jovem e reformulado, Lula Ferreira acredita que o Franca Basquete pode
surpreender na competição.


Franca é um clube muito tradicional do basquete
brasileiro e, independente da situação que vive, será sempre um time cobrado
para lutar por títulos. Acredito que nossa equipe possui um bom jogo de
conjunto, tanto na defesa como no ataque. O desenvolvimento do jogo coletivo
favorece o rendimento que não precisa estar baseado em um ou dois jogadores.
Por sermos um time mais jovem, podemos apresentar alguma instabilidade em
termos de manutenção de produtividade, mas isso pode ser superado pela garra e
determinação da equipe”, disse o treinador francano.


O técnico também tem
convicção de que a presença de Nezinho será fundamental para auxiliar o
restante da equipe no torneio internacional. “Conseguimos
dar uma melhora no sentido de experiência, com a contratação do jogador
Nezinho, que com sua bagagem nacional e internacional, pode dar ao time uma
estabilidade emocional importante, além de ainda mais qualidade técnica”,
afirmou.


Apenas
uma equipe do grupo B se classifica para a grande final do torneio, que será
disputada contra o Brasília, equipe que garantiu vaga na final após superar o
Malvin, do Uruguai. 

COMPARTILHAR  

NOTÍCIAS