Nos minutos finais, Franca Basquete é superado por Bauru

21/12/2014

Na última partida de 2014, o
Franca Basquete protagonizou grande duelo contra o Paschoalotto/Bauru, mas
acabou superado por 79 a 73, jogando no Pedrocão, neste domingo, 21 de
dezembro.

Com a derrota, o time da Capital
do Basquete soma oito vitórias e cinco reveses na temporada 2014/2015 do Novo
Basquete Brasil, ocupando a sexta colocação na classificação do torneio
nacional.

O jovem Léo Meindl deixou a
quadra como o principal pontuador do jogo, após converter 24 tentos (3/7 nas
bolas de três pontos e 6/9 nos arremessos de dois pontos). Marcos Mata foi o
atleta mais eficiente da partida, com 23 pontos de eficiência: 17 tentos, cinco
rebotes, três assistências, quatro bolas recuperadas e três tocos.

O próximo da equipe de Lula
Ferreira no NBB acontece no dia 06 de janeiro, contra São José dos Campos, na
casa do adversário.

O JOGO

Equilibrado desde os instantes
iniciais, com defesas fortes e marcação intensa, o jogo foi decidido por
detalhes. Sem Leozão, que está machucado, o Franca Basquete não teve a mesma
eficiência no garrafão e sofreu para recuperar os rebotes, principalmente no
último quarto, após a saída de André Coimbra com cinco faltas.

O alto aproveitamento do elenco
de Jorge Guerra na linha de três pontos também foi crucial para decidir o
resultado. A partida seguiu parelha durante os 40 minutos, com os times se
revezando na liderança do marcador. No primeiro quarto, Bauru apresentou melhor
desempenho e fechou a etapa vencendo por 20 a 14. Os donos da casa se
recuperaram no segundo período e diminuíram a diferença para cinco pontos na
ida do intervalo: 42 a 37.

Após uma ótima terceira etapa, vencida
pelos mandantes por 23 a 14, a equipe francana entrou nos dez minutos finais à
frente por quatro pontos no placar. Bauru não se intimidou e buscou a
diferença, deixando o confronto sem favoritos à vitória, uma vez que nenhum dos
times se distanciava na pontuação.

Restando menos de dois minutos
para o término do jogo, Bauru converteu duas bolas do perímetro, com Larry e
Ricardo Fischer, e abriu vantagem de cinco tentos. Mata anotou a bandeja e cortou
para três pontos a diferença. Buscando ganhar tempo, a equipe anotou falta em
Rafael Hettsheimeir, mas o pivô acertou os lances livres e não houve chance de
recuperação para o time da casa. 

COMPARTILHAR  

NOTÍCIAS